Notícias

CNB/CF realiza primeira Assembleia Geral Ordinária do ano de 2024

Publicado em 14/03/2024

CNB/CF realiza primeira Assembleia Geral Ordinária do ano de 2024

O presidente do Colégio Notarial do Brasil – Seção Paraná (CNB/PR) participou da primeia Assembleia Geral Ordiária do Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal (CNB/CF) do ano de 2024, realizada na manhã desta quarta-feira (13/03), na sede da entidade, em Brasília. Ao lado dos vice-presidentes da entidade, Eduardo Calais e José Renato Vilarnovo, o diretor Ubiratan Guimarães guiou os debates da reunião e iniciou as apresentações pela prestação de contas do ano de 2023 e a previsão orçamentária para o ano de 2024, ambos aprovados por unanimidade. Presidentes de 14 seccionais estaduais e a diretoria do CNB/CF compareceram à AGO.

A presidente da Seccional do Pará (CNB/PA), Larissa Rosso, tomou a palavra para destacar a importância do investimento de divulgação e estrutura do e-Notariado como “a ferramenta do futuro da atividade notarial, onde os Cartórios de Notas passarão cada vez mais a integrarem um ambiente digital”, disse.

O presidente da seccional do Amazonas (CNB/AM), José Marcelo de Lima Filho, reiterou o pedido da colega da região norte e ressaltou que a previsão orçamentária do Colégio Notarial precisa trazer robustez ao desenvolvimento das soluções tecnológicas do Notariado Brasileiro. “O e-Notariado é um trunfo da nossa atividade. É importante termos um investimento bem estabelecido para melhorarmos cada vez mais a plataforma”, disse.

Ubiratan Guimarães agradeceu a intervenção dos colegas e lembrou que a diretoria trabalha incessantemente para estruturar inovações “com responsabilidade e lastro jurídico para atender as demandas sociais e das serventias extrajudiciais que utilizam o e-Notariado cotidianamente”, disse. O diretor também pontuou que entende a “relevância urgente de elevar o conhecimento da população em relação às possibilidades do Notariado Eletrônico”, concluiu.

Demais assuntos

A segunda parte da AGO debateu estratégias de integração de cartórios à Central Notarial de Serviços Eletrônicos Compartilhados (Censec) e contou com as perspectivas dos representantes dos estados para citarem os diferentes cenários, desafios e ações em prol do engajamento de tabeliães no envio de dados à Censec.

Em seguida, a reunião discutiu o novo projeto de distribuição de energia limpa, Matrix. O projeto integra os Cartórios de Notas em uma rede de energia solar e garante uma conta de energia mais barata em até 20%. Os presidentes dos estados que já podem aderir ao programa se comprometeram em divulgar a notícia e engajar os tabelionatos locais na causa, além de difundirem os benefícios ambientais e econômicos do projeto.

Mensagem da presidente

Ausente por razões de força maior, a presidente do CNB/CF, Giselle Oliveira de Barros, lamentou sua ausência na AGO e lembrou os presidentes de seccionais que o notariado brasileiro vive um importante momento que faz necessário a reunião de suas lideranças para o debate sobre temas vitais da nossa atividade. “Desejo a todos que tenhamos uma excelente AGO, que todos possam expor suas preocupações e seus pontos de vista e, principalmente, debater sobre novos projetos construtivos para nossa atividade. Sejam, como sempre, bem-vindos a casa do Notariado brasileiro!”, disse a presidente em sua mensagem.