Notícias

Anoreg/PR – Academia Paranaense de Direito Notarial e Registral: conheça os detentores das cadeiras 7 a 12

Publicado em 15/07/2021

Série realizada pela Anoreg/PR apresenta biografia de todos os acadêmicos que compõem a Academia

Organizada pela Associação dos Notários e Registradores do Estado do Paraná (Anoreg/PR), a abertura oficial da Academia Paranaense de Direito Notarial e Registral será realizada no próximo sábado (17.07), às 10h. A solenidade será transmitida simultaneamente nas redes sociais da Anoreg/PR (@anoregpr). Para saber mais detalhes do evento, leia a matéria completa.

Composta por 23 cadeiras, a Academia tem por objetivo principal fomentar estudos sobre a atividade notarial e registral no estado do Paraná. Entre os participantes estão agentes delegados de todas as especialidades do setor extrajudicial, além de desembargadores, juízes, advogados, integrantes do Ministério Público e professores. Todos os acadêmicos são estudiosos da área, ou personalidades que exercem grande influência no mundo jurídico.

Para apresentar os integrantes da Academia ao público, a Anoreg/PR iniciou na última segunda-feira (12.07) a série de conteúdos com uma breve biografia e mais informações sobre os acadêmicosAs publicações serão feitas diariamente, durante a semana que antecede o evento.

Os acadêmicos

Cadeira nº 7 – Des. Mário Helton Jorge

Atual desembargador substituto no Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Paraná, cursou a Faculdade de Direito de Curitiba de 1981 a 1985. Fez mestrado em Direito, setor de Ciências Jurídicas e Sociais, linha específica da Tutela dos Direitos Fundamentais, entre 2001 e 2003, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC/PR). Ingressou na carreira da magistratura, em 1990, como juiz substituto, na Seção Judiciária em Toledo, abrangendo as Comarcas de Marechal Cândido Rondon, Santa Helena e Corbélia, além de cumular a substituição da Primeira Vara Criminal em Cascavel. Em 2002, passou a exercer a substituição em segundo grau, no Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ/PR), atuando em todas as câmaras; em 2005, passou a substituto fixo da Primeira Câmara Criminal e, em outubro de 2008, foi promovido para o cargo de desembargador. Em 2012, foi eleito membro do Conselho da Magistratura do Tribunal de Justiça, sendo reeleito de 2014 até 2016. Em 2016, foi eleito Corregedor da Justiça para o biênio 2017-2018 e, posteriormente, para o Órgão Especial onde permanece até esta data. Em 1999, escreveu seu primeiro livro técnico: Manual Prático da Sentença Cível, o qual está na sua terceira edição, através da Editora JusPodivm.

 

Cadeira nº 8 – Professora Drª Mónica Jardim

Professora auxiliar da Faculdade de Direito de Coimbra, onde é regente da segunda turma da disciplina Direitos das Coisas e da disciplina de Direito dos Registos e do Notariado, e no Mestrado Científico, da disciplina de Direito Imobiliário e Registral. Bacharel pela Faculdade de Direito de Coimbra. Mestre e doutora em Direito Civil pela mesma Faculdade. Membro, por reconhecido mérito científico, do Conselho do Notariado de Portugal desde 2009. Coordenadora da equipe que elaborou o projeto do Código do Registo Predial e o projeto do Código do Notariado de Cabo Verde que foram aprovados e se encontram em vigor (2009/2010). Fundadora do Centro de Estudos Notariais e Registais (CENoR) e presidente do mesmo desde 2013. Acadêmica da Academia Brasileira de Direito Registral Imobiliário e da Academia Notarial Brasileira. Membro do Conselho Científico do Instituto de Formação Botto Machado, da Ordem dos Solicitadores e Agentes de Execução de Portugal. Membro do Conselho Editorial dos Cadernos do CENoR; membro do Conselho Editorial da Revista Cadernos da Corregedoria Geral da Justiça de São Paulo; membro do Conselho Editorial da Revista Argumentum – Argumentum Journal of Law.

 

Cadeira nº 9 – Dr. Rodrigo Fernandes Lima Dalledone

Atua como juiz de direito substituto em 2º grau no Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ/PR). Formado em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR). Mestre e doutor em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Especialista em Direito Administrativo pelo Instituto de Direito Romeu Felipe Bacellar. Professor convidado da Escola da Magistratura do Paraná (EMAP), da Academia Brasileira de Direito Constitucional (ABDConst) e da UniCuritiba. Autor de diversas obras literária, incluindo os títulos: “Função Pública Notarial – Regime Jurídico e Fiscalização Judicial” (2016) e “O processo administrativo disciplinar dos notários e registradores no Estado do Paraná” (2012).

 

 

 

Cadeira nº 10 – Dra. Mônica Maria Guimarães de Macedo Dalla Vecchia – Saiba mais clicando aqui

 

Cadeira nº 11 – Dr. Renato Farto Lana

Atual presidente do Colégio Notarial do Brasil – Seção Paraná (CNB/PR) e titular do Serviço Distrital do Campo Comprido, em Curitiba. Bacharel em Direito pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Mestre em Direito Empresarial e Cidadania. Pós-graduado pelo LLM – Business e Law, pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (BMEC), no Rio de Janeiro (RJ). Pós-graduado pela Fundação do Ministério Público do Paraná. Especialista em Direito Empresarial e em Direito Previdenciário pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP) e UniCuritiba. Aperfeiçoou-se em business law na Universidade da Flórida (EUA), no Levin College of Law. Autor de diversas publicações.

 

Cadeira nº 12 – Dr. José Luiz Germano

Titular do 2⁰ Serviço de Registro de Imóveis de Cianorte e representante do Foro Extrajudicial do Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ/PR). Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Especialista em Direito Notarial e Registral Imobiliário pela Escola Paulista da Magistratura. Em 1986, iniciou sua preparação para a magistratura paulista, sendo juiz substituto na cidade de Moji das Cruzes, perto da capital paulista. Foi juiz de primeira entrância na cidade de General Salgado, sendo a segunda entrância na cidade de Jales, onde instalou e foi o primeiro juiz da 3ª Vara. Em 2013, foi promovido ao cargo de desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), cujas funções exerceu sempre na secção de Direito Público, tendo presidido sua câmara e seu grupo de câmaras. Em 2017, foi investido como delegatário do Foro Extrajudicial do Paraná. Foi homenageado com uma comenda pelo Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região, além da comenda do mérito judiciário, esta conferida aos juízes que chegam ao topo da carreira na justiça estadual paulista. Foi eleito conselheiro da Associação dos Registradores de Imóveis do Paraná (Aripar) com o maior número de votos, sendo, também, conselheiro da Anoreg/PR.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Anoreg/PR